duvidas frequentes de pesca

Saiba sobre Pesca em Água Salgada e Doce

O Brasil é o maior país em diversificação de espécies de peixe do mundo. Porém, a maioria vive em água salgada e apenas 1% consegue sobreviver em ambiente de água doce ou salgada.

Considerando essas informações, é difícil entender o por que de a maior diversidade de espécies ser identificadas em rios e lagos. Porém, essa vivência em águas doces ou salgadas é o que explica até mesmo a mudança de sabor de um peixe para o outro.

Para entender melhor, vamos ver as diferenças entre os peixes e a pesca de água salgada e água doce:

Água salgada

Os peixes de água salgada costumam ser maiores e suas cores mais marcantes. Esse é o primeiro ponto de diferenciação. As principais espécies encontradas nas regiões oceânicas são pargos, badejos, namorados, robalos e cavalas.

Sobre a melhor época de pesca em águas salgadas, destaca-se outubro e março, já que são épocas em que as espécies se aproximam da superfície por conta do calor e seus predadores também se deslocam em busca de alimento.

A carne do peixe de água salgada é mais leve e menos gordurosa, em vista que o peixe de água doce que tem sabor comparado ao da terra e possui mais gordura. Além disso, no mar existem também os peixes de água quente que costumam ter a carne mais mole e os de água fria, com a carne mais dura.

Para garantir uma boa pescaria, é necessário levar iscas como camarão, corrupto, lula, minhoca de praia e sardinha. Além disso, é importante lembrar que o material utilizado deve ter capacidade para águas salgadas, caso contrário ele poderá sofrer danos.

As linhas mais indicadas para essa pesca são as linhas de multifilamentos, que suportam maior peso e menos flexibilidade, que diminuirá as chances de rompimento da linha. A linha de fluorcarbono também é bastante indicada para lugares com pedras, por ter menor chance de rompimento.

Água doce

No Brasil, 90% dos peixes que habitam os rios são jaús, dourados, lambaris, cascudos, tilápia e pintados. Por esses motivos, a biodiversidade contida no país é uma das maiores do planeta e assim, o maior em quantidade de peixes de água doce.

A pesca realizada nesses rios e lagos devem acontecer em determinadas épocas, dependendo de cada espécie. Levando em consideração o clima e a quantidade de turistas nas regiões, os melhores meses para a pesca são março e abril.

As iscas mais indicadas para fisgar os peixes ambientados em água doce são pão, coração de galinha, minhoca, ração para peixe, queijo, lambaris pequenos, salsicha e massas.

Para pescar em água doce, não é necessário ter equipamentos específicos, além disso, a pesca acaba se tornando mais simples e barata, já que os peixes são menores. Por isso, uma vara com molinete ou carretilha simples e uma linha de monofilamentos já resolverá a questão!

Agora que você já sabe mais sobre os peixes de água salgada e água doce, confira nossa loja de pesca online e garanta os melhores equipamentos para sua próxima aventura!